segunda-feira, 28 de novembro de 2016

O mapa da violência no Brasil

   

Não existe uma definição consensual ou incontroversa de violência. O termo é potente demais para que isso seja possível.


O que é violência? Segundo o Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, violência é a “ação ou efeito de violentar, de empregar força física (contra alguém ou algo) ou intimidação moral contra (alguém); ato violento, crueldade, força”. No aspecto jurídico, o mesmo dicionário define o termo como o “constrangimento físico ou moral exercido sobre alguém, para obrigá-lo a submeter-se à vontade de outrem; coação”.
Já a Organização Mundial da Saúde (OMS) define violência como “a imposição de um grau significativo de dor e sofrimento evitáveis”. Mas os especialistas afirmam que o conceito é muito mais amplo e ambíguo do que essa mera constatação de que a violência é a imposição de dor, a agressão cometida por uma pessoa contra outra; mesmo porque a dor é um conceito muito difícil de ser definido. Para todos os efeitos, guerra, fome, tortura, assassinato, preconceito, a violência se manifesta de várias maneiras.
Na comunidade internacional de direitos humanos, a violência é compreendida como todas as violações dos direitos civis (vida, propriedade, liberdade de ir e vir, de consciência e de culto); políticos (direito a votar e a ser votado, ter participação política); sociais (habitação, saúde, educação, segurança); econômicos (emprego e salário) e culturais (direito de manter e manifestar sua própria cultura). As formas de violência, tipificadas como violação da lei penal, por exemplo, assassinato, sequestros, roubos e outros tipos de crime contra a pessoa ou contra o patrimônio, formam um conjunto que se convencionou chamar de violência urbana, porque se manifesta principalmente no espaço das grandes cidades. Não é possível deixar de lado, contudo, as diferentes formas de violência existentes no campo.
A violência urbana, no entanto, não compreende apenas os crimes, mas todo o efeito que provoca sobre as pessoas e as regras de convívio na cidade. A violência urbana interfere no tecido social, prejudica a qualidade das relações sociais, corrói a qualidade de vida das pessoas. Assim, os crimes estão relacionados com as contravenções e com as incivilidades. Gangues urbanas, pichações, depredação do espaço público, o trânsito caótico, as praças malcuidadas, sujeira em período eleitoral compõem o quadro da perda da qualidade de vida. Certamente, o tráfico de drogas, talvez a ramificação mais visível do crime organizado, acentua esse quadro, sobretudo nas grandes e problemáticas periferias.
Hoje, no Brasil, a violência, que antes estava presente nas grandes cidades, espalha-se para cidades menores, à medida que o crime organizado procura novos espaços. Além das dificuldades das instituições de segurança pública em conter o processo de interiorização da violência, a degradação urbana contribui decisivamente para ele, já que a pobreza, a desigualdade social, o baixo acesso popular à justiça não são mais problemas exclusivos das grandes metrópoles. Na última década, a violência tem estado presente em nosso dia a dia, no noticiário e em conversas com amigos. Todos conhecem alguém que sofreu algum tipo de violência. Há diferenças na visão das causas e de como superá-las, mas a maioria dos especialistas no assunto afirma que a violência urbana é algo evitável, desde que políticas de segurança pública e social sejam colocadas em ação. É preciso atuar de maneira eficaz tanto em suas causas primárias quanto em seus efeitos. É preciso aliar políticas sociais que reduzam a vulnerabilidade dos moradores das periferias, sobretudo dos jovens, à repressão ao crime organizado. Uma tarefa que não é só do Poder Público, mas de toda a sociedade civil.

Vivemos em um mundo onde a violência é praticada à luz do dia.



Vivemos em um mundo onde a violência é praticada à luz do dia. Vandalismo, crime contra patrimônio público e privado.


Pichação, violência contra o patrimônio privado e público.



Pichação, violência contra o patrimônio privado e público.





Munição do crime


A corporação policial arca com as principais críticas a cada divulgação dos índices de violência ou de crimes de comoção pública. Sequestros e chacinas suscitam revolta, decerto justa, mas também avaliações apressadas do problema — em geral, pede-se mais, ou quase apenas, repressão policial.
Mas é óbvio que somente a deficiência da polícia não explica os recordes de criminalidade. A ação policial cresceu de fato no Brasil. Aumentaram os números de prisões em flagrante e de apreensão de armas. Mas as estatísticas oficiais registraram a elevação das taxas de homicídios, furtos e roubos.
A aparente contradição foi discutida em documento do comando da PM, que comparou a ação da polícia com a de quem intenta enxugar o chão com a torneira aberta. A PM estaria, pois, refém da crise social.
Certa relação entre desemprego e o aumento do número de roubos foi constatada em estudo da ONU com base em indicadores brasileiros a partir dos anos 1980. A Delegacia de Investigação sobre Narcóticos de São Paulo indicou a imbricação entre mais desemprego e narcotráfico. Há ainda uma relação entre a geo­grafia da riqueza e a ocorrência de certos crimes. Em algumas regiões da cidade de São Paulo, os assaltos com sequestros de curta duração apresentaram aumento de pelo menos 13 vezes em relação ao registrado há três anos. Em outras, são comuns homicídios por pequenos acertos de contas com o tráfico.
O mais grave é que esse quadro desolador pode piorar. O aumento do desemprego coloca população e governo em situação delicada. Será difícil que o aumento da oferta de segurança pública possa acompanhar no mesmo passo o provável incremento do crime. Não parece haver também, no curto prazo, condições para adoção de uma política de inclusão social que contenha a delinquência. O desafio será criar novas opções de ação, ainda que apenas paliativas.


Olha a bala!



Olha a bala!





O mapa da violência no Brasil



O resultado de um levantamento do Instituto Sangari, em parceria com o Sistema de Informações de Mortalidade da Saúde, revelou um novo Mapa da Violência no Brasil. Por meio desta pesquisa, foi observado que em 1980 foram oficialmente registrados 13.910 homicídios no Brasil, já em 2010 esse número passou para 49.932, um aumento de 259%. equivalente a cerca de 4,4% de crescimento ao ano.
Em 2014 o Brasil quebrou um triste recorde: teve o maior número de pessoas mortas em um ano, segundo dados divulgados no Mapa da Violência 2014. Ao todo, foram 56.337 mortes, o maior número desde 1980.
É o dado mais atualizado de violência pelo Brasil e tem como base o Sistema de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, que registra as ocorrências desde 1980.
Veja o ranking dos 15 municípios com mais de 10.000 habitantes que registraram um maior número de casos de homicídio no Brasil.

O mapa da violência no Brasil




O mapa da violência no Brasil




Glossário


Imbricação: neste caso, superposição.
Paliativo: que ou o que tem a qualidade de acalmar, de abrandar temporariamente um mal.






Dicas de Gramática



Dica 11 – Uso de “DENTRE” ou “ENTRE”

ENTRE é utilizado nos casos em que o verbo não exige a preposição de, como no exemplo:
  • “Entre as pessoas desta sala, tenho mais chance.”

DENTRE já tem o uso mais limitado. Significa “no meio de” e é fruto da união das preposições de + entre. Mas para que esta união ocorra, o verbo precisa exigir a preposição de. Veja exemplos:
  • “Ele ressurgiu dentre as pessoas” – quem ressurge, ressurge de algum lugar. Neste caso, de onde? De entre as pessoas, ou do meio das pessoas.
  • “Os músicos saíram dentre as primeiras filas” – quem sai, sai de algum lugar. De onde? Do meio das primeiras filas


Dica 12 – Uso de “ESTE” ou “AQUELE”

Os pronomes demonstrativos ESTE, ESSE e AQUELE precisam de um pouco de atenção no seu uso, cujas diferenças recorrem ao espaço em relação às três pessoas do discurso, o tempo verbal e a proximidade com os termos da oração.

- Pronome ESTE
Espaço: Indica o que está próximo da pessoa que fala – “Esta proposta é excelente!”
Tempo: atual – “Esta semana ligarei para você.”
Proximidade com Termos: refere-se ao termo mais próximo – “Joana e Angélica estiveram aqui. Esta (Angélica) é mais inteligente.”

- Pronome ESSE
Espaço: indica o que está próximo da pessoa com quem se fala – “Essedesafio vai mexer com você!”
Tempo: passado próximo – “Casei em 2006. Nesse ano meu filho nasceu.”
Proximidade com Termos: refere-se à idéia mais mencionada – “Leia o Minha Gestão. Esse site é fantástico.”

- Pronome AQUELE
Espaço: indica o que mais distante da pessoa que fala e da pessoa com quem se fala – “Aquela proposta que perdeu era muito ruim!”
Tempo: passado distante – “Os carros daquela época eram muito melhores.”
Proximidade com Termos: refere-se ao termo mais distante – “Me formei em duas faculdades, medicina e direito. Aquela (medicina) foi muito mais difícil.”
Dica: o pronome este também pode indicar uma idéia que ainda vamos mencionar, como no exemplo: “Vamos debater este assunto: ganhar dinheiro.”







       


       





Conteúdo completo disponível em:






Links:


Billboard Hot 100 - Letras de Músicas | Song Lyrics - Songtext - Testo Canzone - Paroles Musique - 歌曲歌词 - 歌詞 - كلمات الاغنية - песни Текст

Bad And Boujee - Migos Featuring Lil Uzi Vert - Tradução em Português

Educação Infantil - Vídeos, Jogos e Atividades Educativas para crianças de 4 à 11 anos

Biomas Brasileiros

Prédios mais altos do Mundo e do Brasil

Norte Catarinense (Mesorregião)

Norte Central (Mesorregião)

A população atual do estado de Mato Grosso do Sul

Rio de Janeiro - Representação e Localização

Dom Casmurro - Machado de Assis

Quincas Borba - Machado de Assis

Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis

O Diário de Anne Frank

Salmos 68 - Bíblia

TOP 10: Poesia - Poemas em Português, Espanhol, francês e inglês


Velhas Árvores - Olavo Bilac

Marabá - Gonçalves Dias

Fim - Mário de Sá-Carneiro

Sonnet 18 - William Shakespeare

Vos Que, Dolhos Suaves e Serenos

Bandido negro - Os Escravos - Castro Alves

As cismas do destino - Augusto dos Anjos - Eu e Outras Poesia

TOP 50: PDF para Download - Domínio Público


Livros em PDF para Download

O Mito de Sísifo - Albert Camus

Anne Frank PDF

anne frank pdf

biblia pdf

Mein Kampf - Adolf Hitler - Download PDF Livro Online

Abel e Helena- Artur Azevedo

Outras Poesias - Augusto dos Anjos

Amor De Perdição - Camilo Castelo Branco

Hell or The Inferno from The divine comedy - Dante Alighieri

A Ilustre Casa de Ramires - Eça de Queiros - PDF

Canudos e outros temas - Euclides da Cunha - PDF

Livro Do Desassossego - Fernando Pessoa - Livros em PDF para Download

O Último Magnata - Francis Scott Fitzgerald

The Metamorphosis - Franz Kafka - PDF

Madame Bovary - Gustave Flaubert - PDF

Odisséia - Homero - Download

Ulisses - James Joyce

Viagens de Gulliver - Jonathan Swift

O Coração das Trevas - Joseph Conrad

Anna Karenina - Leon Tolstói - Download

Os Lusíadas - Luís Vaz de Camões - Download

A Cartomante - Machado de Assis - PDF Download Livro Online

Les Essais - Michel de Montaigne - PDF

Amar verbo intransitivo - Mário de Andrade - PDF Download Livro Online

As jóias da Coroa - Raul Pompeia - PDF Download Livro Online

Eeldrop and Appleplex - T. S. Eliot - Thomas Stearns Eliot

Marília De Dirceu - Tomás Antônio Gonzaga - PDF Download Livro Online

O Corcunda de Notre-Dame - Victor Hugo - PDF Download Livro Online

Eneida - Virgilio

O Quarto de Jacob - Virginia Woolf - PDF

A Tempestade - William-Shakespeare - Livros em PDF para Download

O Som e a Fúria - William Faulkner

Bíblia Sagrada - João Ferreira de Almeida - Bíblia

Bíblia Sagrada - Católica

O Vermelho e o Negro - Stendhal - Henri-Marie Beyle

O Homem Sem Qualidades - Robert Musil

TOP 10: Billboard - Letras de Músicas - Song Lyrics - Songtext


A Guy With A Girl - Blake Shelton

We The People .... - A Tribe Called Quest

Me And Your Mama - Childish Gambino

Hallelujah - Leonard Cohen

Bounce Back - Big Sean

Used To This - Future Featuring Drake

Hallelujah - Pentatonix - Letras de Música

Closer - The Chainsmokers ft. Halsey - Letras de Música

Chill Bill - Rob $tone ft. J. Davi$ & Spooks - Song Lyrics

Do You Mind - DJ Khaled ft. Nicki Minaj, Chris Brown & August Alsina - Letras de Música

Starboy - The Weeknd feat Daft Punk - Song Lyrics

Audiobook, Educação Infantil, Ensino Fundamental


Atividades Educativas Ensino Fundamental - Aprendendo sobre o Dinheiro

Lima Barreto - Quase ela deu o sim, mas...

Esaú e Jacó - Machado de Assis

Diva - José de Alencar

Luís Soares - Contos Fluminenses e Histórias da Meia-Noite - 01 - Machado de Assis

À Margem da História - Euclides da Cunha

Os Sertões - Euclides da Cunha

Pride and Prejudice - Jane Austen

TOP 50: BLOG by Sanderlei Silveira


Bad And Boujee - Migos Featuring Lil Uzi Vert - Tradução em Português

The House That Jack Built

How the Leaves Came Down - Susan Coolidge

Biomas brasileiros - Santa Catarina SC - Conheça seu Estado (História e Geografia)

As festas populares no estado de São Paulo - SP

Os imigrantes no século XIX e XX no estado do Paraná - PR

Pantanal – Patrimônio Natural da Humanidade - MS

Os símbolos do estado do Rio de Janeiro - RJ

Prédios mais altos do Mundo e do Brasil (Atualizado até 11/2016)

Idade das Religiões - História

Los Naranjos - Ignacio Manuel Altamirano

How Do I Love Thee? - Sonnet 43 - Elizabeth Barrett Browning

Tendências de mercado - Economia em 1 Minuto

Ismalia - Alphonsus de Guimaraens

POVO E RAÇA - Mein Kampf (Minha luta) - Adolf Hitler

Capítulo VI - A FRANCESA E O GIGANTE - Macunaíma - Mário de Andrade

Comentários da semana - Crônica - Machado de Assis

CAPÍTULO X / A ENFERMA - Helena - Machado de Assis

Tu, só tu, puro amor - Teatro - Machado de Assis

CAPÍTULO VI / O POST SCRIPTUM - A Mão e a Luva

AS BODAS DE LUÍS DUARTE

CAPÍTULO IV - Quincas Borba - Machado de Assis

Poesias dispersas - Machado de Assis

OLHOS DE RESSACA - Dom Casmurro - Machado de Assis

A CHINELA TURCA - Papéis Avulsos

RAZÃO CONTRA SANDICE - Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis

NEM CASAL, NEM GENERAL - Esaú e Jacó - Machado de Assis

Age of Religions - History

La Edad de las Religiones - Historia

Salmos 22 - Bíblia

Totvs - Datasul - Treinamento Online (Gratuito)

SAP Business All-In-One Rapid-Deployment Solution Overview

O HOMEM - Os Sertões - Euclides da Cunha - Áudio Livro

Crônica dos burros - Machado de Assis - Áudio Livro

Querida Kitty - O Diário de Anne Frank

Iaiá Garcia – Machado de Assis - Livros em PDF para Download (Domínio Público)

Curso de Inglês Online - Grátis e Completo

Curso de Espanhol Online - Grátis e Completo

Hamlet - William Shakespeare - AudioBook

Contos - Lima Barreto - Áudio Livro - Audiobook

A Conselho do Marido - Contos - Artur de Azevedo

Diva - José de Alencar - Audiobook

A mãe do cativo - Os Escravos - Castro Alves

Antífona - Broquéis - João da Cruz e Sousa

Civilização - Contos de Eça de Queirós

A Esperança - Augusto dos Anjos - Eu e Outras Poesias

Amor é fogo que arde sem se ver - Sonetos - Poemas de Amor - Luís Vaz de Camões

Material de apoio para Pais e Professores - Educação Infantil - Nível 1 (crianças entre 4 a 6 anos)

Festa de Aniversário - Educação Infantil - Nível 2 (crianças entre 5 a 7 anos)

Aluno - Educação Infantil - Nível 3 (crianças entre 6 a 8 anos)

Descobrimento do Brasil - Educação Infantil - Nível 4 (crianças entre 7 a 9 anos)

Água - Educação Infantil - Nível 5 (crianças entre 8 a 10 anos)

Alface - Educação Infantil - Nível 6 (crianças entre 9 a 11 anos)



domingo, 27 de novembro de 2016

Saudosa maloca

   



Se o senhor não tá lembrado
Dá licença de contá
Que aqui onde agora está
Esse adifício arto
Era uma casa veia
Um palacete assobradado
Foi aqui, seu moço,
que eu, Mato Grosso e o Joca
Construímo nossa “maloca”,
Mas um dia, nóis nem pode se “alembrá”.
Veio os home com as ferramenta
E o dono mandô derrubá.
Peguemos tuda nossas coisas
E fumos pro meio da rua
Apreciá a demolição.
Que tristeza que nóis sentia
Cada táuba que caía
doía no coração...
Mato Grosso quis gritá,
mas em cima eu falei:
“os home tá cá razão nóis arranja outro lugá”.
Só se conformemo quando o Joca falô
“Deus dá o frio conforme o cobertô”.
E hoje nóis pega páia nas grama do jardim
E pra esquecê nóis cantemo assim:
Saudosa maloca, maloca querida
Dim, dim, donde nóis passemo dias feliz de nossas vida
Saudosa maloca, maloca querida
Dim, dim, donde nóis passemo
os dias feliz de nossas vida.


BARBOSA, Adoniran. Saudosa maloca. In: Adoniran Barbosa. Rio de Janeiro: EMI Music, 1999. 1 CD. Faixa 1. (Série Raízes do Samba).



Saudosa maloca





Saudosa maloca




Dicas de Gramática



Dica 9 – Uso de “DEMAIS” ou “DE MAIS”

DEMAIS pode ser usado como advérbio de intensidade no sentido de “muito”, e também como pronome indefinido no sentido de “outros”. Como na frase
  • “A situação deixou os demais candidatos chateados demais!”

DE MAIS é o oposto de “de menos” e são sempre referidos a um substantivo ou pronome. Exemplo:
  • “Existem candidatos de mais para eleitores de menos”


Dica 10 – Uso de “EM FACE DE” ou “FACE A”

Não existe a expressão “FACE A” na língua portuguesa. Dessa forma, apenas é permitido utilizar a expressão EM FACE A . Exemplo:
  • “Em face do aumento do dólar, não vou viajar para o exterior”






       

       


       





Conteúdo completo disponível em:






Links:


Billboard Hot 100 - Letras de Músicas | Song Lyrics - Songtext - Testo Canzone - Paroles Musique - 歌曲歌词 - 歌詞 - كلمات الاغنية - песни Текст

Bad And Boujee - Migos Featuring Lil Uzi Vert - Tradução em Português

Educação Infantil - Vídeos, Jogos e Atividades Educativas para crianças de 4 à 11 anos

Biomas Brasileiros

Prédios mais altos do Mundo e do Brasil

Norte Catarinense (Mesorregião)

Norte Central (Mesorregião)

A população atual do estado de Mato Grosso do Sul

Rio de Janeiro - Representação e Localização

Dom Casmurro - Machado de Assis

Quincas Borba - Machado de Assis

Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis

O Diário de Anne Frank

Salmos 67 - Bíblia

TOP 10: Poesia - Poemas em Português, Espanhol, francês e inglês


Velhas Árvores - Olavo Bilac

Marabá - Gonçalves Dias

Fim - Mário de Sá-Carneiro

Sonnet 18 - William Shakespeare

Vos Que, Dolhos Suaves e Serenos

Bandido negro - Os Escravos - Castro Alves

As cismas do destino - Augusto dos Anjos - Eu e Outras Poesia

TOP 50: PDF para Download - Domínio Público


Livros em PDF para Download

O Mito de Sísifo - Albert Camus

Anne Frank PDF

anne frank pdf

Mein Kampf - Adolf Hitler - Download PDF Livro Online

Abel e Helena- Artur Azevedo

Outras Poesias - Augusto dos Anjos

Amor De Perdição - Camilo Castelo Branco

Hell or The Inferno from The divine comedy - Dante Alighieri

A Ilustre Casa de Ramires - Eça de Queiros - PDF

Canudos e outros temas - Euclides da Cunha - PDF

Livro Do Desassossego - Fernando Pessoa - Livros em PDF para Download

O Último Magnata - Francis Scott Fitzgerald

The Metamorphosis - Franz Kafka - PDF

Madame Bovary - Gustave Flaubert - PDF

Moby Dick - Herman Melville

Odisséia - Homero - Download

Ulisses - James Joyce

Viagens de Gulliver - Jonathan Swift

O Coração das Trevas - Joseph Conrad

Anna Karenina - Leon Tolstói - Download

Os Lusíadas - Luís Vaz de Camões - Download

A Cartomante - Machado de Assis - PDF Download Livro Online

Les Essais - Michel de Montaigne - PDF

Amar verbo intransitivo - Mário de Andrade - PDF Download Livro Online

As jóias da Coroa - Raul Pompeia - PDF Download Livro Online

Eeldrop and Appleplex - T. S. Eliot - Thomas Stearns Eliot

Marília De Dirceu - Tomás Antônio Gonzaga - PDF Download Livro Online

O Corcunda de Notre-Dame - Victor Hugo - PDF Download Livro Online

Eneida - Virgilio

O Quarto de Jacob - Virginia Woolf - PDF

A Tempestade - William-Shakespeare - Livros em PDF para Download

O Som e a Fúria - William Faulkner

Bíblia Sagrada - João Ferreira de Almeida - Bíblia

Bíblia Sagrada - Católica

O Vermelho e o Negro - Stendhal - Henri-Marie Beyle

Jia Hui

Jia Hui Zou

O Homem Sem Qualidades - Robert Musil

TOP 10: Billboard - Letras de Músicas - Song Lyrics - Songtext


A Guy With A Girl - Blake Shelton

We The People .... - A Tribe Called Quest

Me And Your Mama - Childish Gambino

Hallelujah - Leonard Cohen

Bounce Back - Big Sean

Used To This - Future Featuring Drake

Hallelujah - Pentatonix - Letras de Música

Closer - The Chainsmokers ft. Halsey - Letras de Música

Chill Bill - Rob $tone ft. J. Davi$ & Spooks - Song Lyrics

Do You Mind - DJ Khaled ft. Nicki Minaj, Chris Brown & August Alsina - Letras de Música

Starboy - The Weeknd feat Daft Punk - Song Lyrics

Audiobook, Educação Infantil, Ensino Fundamental


Atividades Educativas Ensino Fundamental - Aprendendo sobre o Dinheiro

Lima Barreto - Quase ela deu o sim, mas...

Esaú e Jacó - Machado de Assis

Diva - José de Alencar

Luís Soares - Contos Fluminenses e Histórias da Meia-Noite - 01 - Machado de Assis

À Margem da História - Euclides da Cunha

Os Sertões - Euclides da Cunha

Pride and Prejudice - Jane Austen

TOP 50: BLOG by Sanderlei Silveira


Bad And Boujee - Migos Featuring Lil Uzi Vert - Tradução em Português

Poems by Julia C. R. Dorr - Complete Edition

Biomas brasileiros - Santa Catarina SC - Conheça seu Estado (História e Geografia)

As festas populares no estado de São Paulo - SP

Os imigrantes no século XIX e XX no estado do Paraná - PR

Pantanal – Patrimônio Natural da Humanidade - MS

Os símbolos do estado do Rio de Janeiro - RJ

Prédios mais altos do Mundo e do Brasil (Atualizado até 11/2016)

Idade das Religiões - História

Los Naranjos - Ignacio Manuel Altamirano

How Do I Love Thee? - Sonnet 43 - Elizabeth Barrett Browning

Tendências de mercado - Economia em 1 Minuto

Ismalia - Alphonsus de Guimaraens

POVO E RAÇA - Mein Kampf (Minha luta) - Adolf Hitler

Capítulo VI - A FRANCESA E O GIGANTE - Macunaíma - Mário de Andrade

Comentários da semana - Crônica - Machado de Assis

CAPÍTULO X / A ENFERMA - Helena - Machado de Assis

Tu, só tu, puro amor - Teatro - Machado de Assis

CAPÍTULO VI / O POST SCRIPTUM - A Mão e a Luva

AS BODAS DE LUÍS DUARTE

CAPÍTULO IV - Quincas Borba - Machado de Assis

Poesias dispersas - Machado de Assis

TIO COSME - Dom Casmurro

A CHINELA TURCA - Papéis Avulsos

RAZÃO CONTRA SANDICE - Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis

NEM CASAL, NEM GENERAL - Esaú e Jacó - Machado de Assis

Age of Religions - History

La Edad de las Religiones - Historia

Salmos 22 - Bíblia

Totvs - Datasul - Treinamento Online (Gratuito)

SAP Business All-In-One Rapid-Deployment Solution Overview

O HOMEM - Os Sertões - Euclides da Cunha - Áudio Livro

Crônica dos burros - Machado de Assis - Áudio Livro

Querida Kitty - O Diário de Anne Frank

Iaiá Garcia – Machado de Assis - Livros em PDF para Download (Domínio Público)

Curso de Inglês Online - Grátis e Completo

Curso de Espanhol Online - Grátis e Completo

Hamlet - William Shakespeare - AudioBook

Contos - Lima Barreto - Áudio Livro - Audiobook

A Conselho do Marido - Contos - Artur de Azevedo

Diva - José de Alencar - Audiobook

A mãe do cativo - Os Escravos - Castro Alves

Antífona - Broquéis - João da Cruz e Sousa

Civilização - Contos de Eça de Queirós

A Esperança - Augusto dos Anjos - Eu e Outras Poesias

Amor é fogo que arde sem se ver - Sonetos - Poemas de Amor - Luís Vaz de Camões

Material de apoio para Pais e Professores - Educação Infantil - Nível 1 (crianças entre 4 a 6 anos)

Festa de Aniversário - Educação Infantil - Nível 2 (crianças entre 5 a 7 anos)

Aluno - Educação Infantil - Nível 3 (crianças entre 6 a 8 anos)

Descobrimento do Brasil - Educação Infantil - Nível 4 (crianças entre 7 a 9 anos)

Água - Educação Infantil - Nível 5 (crianças entre 8 a 10 anos)

Alface - Educação Infantil - Nível 6 (crianças entre 9 a 11 anos)


sábado, 26 de novembro de 2016

Assalto - Carlos Drummond de Andrade

   

Na feira, a gorda senhora protestou a altos brados contra o preço do chuchu:
– Isto é um assalto!
Houve um rebuliço. Os que estavam perto fugiram. Alguém, correndo, foi chamar o guarda. Um minuto depois, a rua inteira, atravancada, mas provida de admirável serviço de comunicação espontânea, sabia que se estava perpetrando um assalto ao banco. Mas que banco? Havia banco naquela rua? Evidente que sim, pois do contrário como poderia ser assaltado?
– Um assalto! Um assalto! – a senhora continuava a exclamar, e quem não tinha escutado escutou, multiplicando a notícia. Aquela voz subindo do mar de barracas e legumes era como a própria sirena policial, documentando, por seu uivo, a ocorrência grave, que fatalmente se estaria consumando ali, na claridade do dia, sem que ninguém pudesse evitá-la.
Moleques de carrinho corriam em todas as direções, atropelando-se uns aos outros. Queriam salvar as mercadorias que transportavam. Não era o instinto de propriedade que os impelia. Sentiam-se responsáveis pelo transporte. E no atropelo da fuga, pacotes rasgavam-se, melancias rolavam, tomates esborrachavam-se no asfalto. Se a fruta cai no chão, já não é de ninguém; é de qualquer um, inclusive do transportador. Em ocasiões de assalto, quem é que vai reclamar da penca de bananas meio amassadas?
– Olha o assalto! Tem um assalto ali adiante!
O ônibus na rua transversal parou para assuntar. Passageiros ergueram-se, puseram o nariz para fora. Não se via nada. O motorista desceu, desceu o trocador, um passageiro advertiu:
– No que você vai a fim de ver o assalto, eles assaltam sua caixa.
Ele nem escutou. Então os passageiros também acharam de bom alvitre abandonar o veículo, na ânsia de saber, que vem movendo o homem, desde a idade da pedra até a idade do módulo lunar.
Outros ônibus pararam, a rua entupiu.
Melhor. Todas as ruas estão bloqueadas. Assim eles não podem dar no pé.
– É uma mulher que chefia o bando.
– Já sei. A tal dondoca loura.
– A loura assalta em São Paulo. Aqui é a morena.
– Uma gorda. Está de metralhadora. Eu vi.
– Minha Nossa Senhora, o mundo está virado!
– Vai ver que está caçando é marido.
– Não brinca numa hora dessas. Olha aí sangue escorrendo!
– Sangue nada, tomate.
Na confusão, circularam notícias diversas. O assalto fora a uma joalheria, as vitrinas tinham sido esmigalhadas a bala. E havia joias pelo chão, braceletes, relógios. O que os bandidos não levaram, na pressa, era agora objeto de saque popular. Morreram no mínimo duas pessoas, e três estavam gravemente feridas.
Barracas derrubadas assinalavam o ímpeto da convulsão coletiva. Era preciso abrir caminho a todo custo. No rumo do assalto, para ver, e no rumo contrário, para escapar. Os grupos divergentes chocavam-se, e às vezes trocavam de direção: quem fugia dava marcha à ré, quem queria espiar era arrastado pela massa oposta. Os edifícios de apartamentos tinham fechado suas portas, logo que o primeiro foi invadido por pessoas que pretendiam, ao mesmo tempo, salvar o pelo e contemplar lá de cima. Janelas e balcões apinhados de moradores, que gritavam:
– Pega! Pega! Correu pra lá!
– Olha ela ali!
– Eles entraram na Kombi ali adiante!
– É um mascarado! Não, são dois mascarados!
Ouviu-se nitidamente o pipocar de uma metralhadora, a pequena distância. Foi um deitar-no-chão geral, e como não havia espaço, uns caíam por cima de outros. Cessou o ruído. Voltou. Que assalto era esse, dilatado no tempo, repetido, confuso?
– Olha o diabo daquele escurinho tocando matraca! E a gente com dor de barriga, pensando que era metralhadora!
Caíram em cima do garoto, que soverteu na multidão. A senhora gorda apareceu, muito vermelha, protestando sempre:
– É um assalto! Chuchu por aquele preço é um verdadeiro assalto!

É um assalto! Chuchu por aquele preço é um verdadeiro assalto!



É um assalto! Chuchu por aquele preço é um verdadeiro assalto!



Caricatura de Carlos Drummond de Andrade




Caricatura de Carlos Drummond de Andrade




Glossário


Alvitre: opinião, parecer, conselho.
Matraca: peça de madeira com uma plaqueta ou argola que se agita barulhentamente em torno de um eixo.
Soverteu: neste caso, virar sorvete, desaparecer, sumir.






Dicas de Gramática



Dica 13 – Uso de “HAJA VISTA” ou “HAJA VISTO”

HAJA VISTA é a única expressão correta, pois neste contexto a palavra “vista” é invariável. Mas o verbo “haver” admite concordância com o substantivo a que se refere.
  • Ex 1: “Haja vista o ocorrido, não irei trabalhar”
  • Ex 2: “Hajam vista os acontecimentos, não irei trabalhar”
Dica: como a expressão “Haja Visto” não existe, deve-se dar a preferência ao uso da forma invariável HAJA VISTA.


Dica 14 – Uso de “MAIS” , “MAS” ou “MÁS”

MAIS é utilizado tanto como advérbio de intensidade – “Eu sou mais bonito que você” – como pronome indefinido – “Eu quero mais amor”.
MAS é uma conjunção adversativa e indica oposição, como no exemplo: “Eu saí, mas não cheguei lá”
MÁS é um adjetivo, e utilizado como antônimo de “boas”: “As más ações levam você para o inferno”.






       





Conteúdo completo disponível em:






Links:


Billboard Hot 100 - Letras de Músicas | Song Lyrics - Songtext - Testo Canzone - Paroles Musique - 歌曲歌词 - 歌詞 - كلمات الاغنية - песни Текст

Bad And Boujee - Migos Featuring Lil Uzi Vert - Tradução em Português

Educação Infantil - Vídeos, Jogos e Atividades Educativas para crianças de 4 à 11 anos

Biomas Brasileiros

Prédios mais altos do Mundo e do Brasil

Norte Catarinense (Mesorregião)

Norte Central (Mesorregião)

A população atual do estado de Mato Grosso do Sul

Rio de Janeiro - Representação e Localização

Dom Casmurro - Machado de Assis

Quincas Borba - Machado de Assis

Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis

O Diário de Anne Frank

Salmos 65 - Bíblia

TOP 10: Poesia - Poemas em Português, Espanhol, francês e inglês


Velhas Árvores - Olavo Bilac

Marabá - Gonçalves Dias

Fim - Mário de Sá-Carneiro

Sonnet 18 - William Shakespeare

Vos Que, Dolhos Suaves e Serenos

Bandido negro - Os Escravos - Castro Alves

As cismas do destino - Augusto dos Anjos - Eu e Outras Poesia

TOP 50: PDF para Download - Domínio Público


Livros em PDF para Download

O Mito de Sísifo - Albert Camus

The Diary of a Young Girl - The Definitive Edition - Anne Frank

Mein Kampf - Adolf Hitler - Download PDF Livro Online

Abel e Helena- Artur Azevedo

Outras Poesias - Augusto dos Anjos

Amor De Perdição - Camilo Castelo Branco

Hell or The Inferno from The divine comedy - Dante Alighieri

A Ilustre Casa de Ramires - Eça de Queiros - PDF

Canudos e outros temas - Euclides da Cunha - PDF

Livro Do Desassossego - Fernando Pessoa - Livros em PDF para Download

O Último Magnata - Francis Scott Fitzgerald

The Metamorphosis - Franz Kafka - PDF

Madame Bovary - Gustave Flaubert - PDF

Moby Dick - Herman Melville

Odisséia - Homero - Download

Ulisses - James Joyce

Fausto - Johann Wolfgang von Goethe

Viagens de Gulliver - Jonathan Swift

O Coração das Trevas - Joseph Conrad

Anna Karenina - Leon Tolstói - Download

Os Lusíadas - Luís Vaz de Camões - Download

Machado de Assis

A Cartomante - Machado de Assis - PDF Download Livro Online

Les Essais - Michel de Montaigne - PDF

Amar verbo intransitivo - Mário de Andrade - PDF Download Livro Online

As jóias da Coroa - Raul Pompeia - PDF Download Livro Online

Eeldrop and Appleplex - T. S. Eliot - Thomas Stearns Eliot

Marília De Dirceu - Tomás Antônio Gonzaga - PDF Download Livro Online

O Corcunda de Notre-Dame - Victor Hugo - PDF Download Livro Online

Eneida - Virgilio

O Quarto de Jacob - Virginia Woolf - PDF

A Tempestade - William-Shakespeare - Livros em PDF para Download

O Som e a Fúria - William Faulkner

Bíblia Sagrada - João Ferreira de Almeida - Bíblia

Bíblia Sagrada - Católica

O Vermelho e o Negro - Stendhal - Henri-Marie Beyle

O Homem Sem Qualidades - Robert Musil

TOP 20: Billboard - Letras de Músicas - Song Lyrics - Songtext


We The People.... - A Tribe Called Quest

Me And Your Mama - Childish Gambino

Hallelujah - Leonard Cohen

Setting Fires - The Chainsmokers Featuring XYLO

Bounce Back - Big Sean

Used To This - Future Featuring Drake

Hallelujah - Pentatonix - Letras de Música

Closer - The Chainsmokers ft. Halsey - Letras de Música

Chill Bill - Rob $tone ft. J. Davi$ & Spooks - Song Lyrics

Do You Mind - DJ Khaled ft. Nicki Minaj, Chris Brown & August Alsina - Letras de Música

Juju On That Beat (TZ Anthem) - Zay Hilfigerrr & Zayion McCall - Letras de Música

Starboy - The Weeknd feat Daft Punk - Song Lyrics

Audiobook, Educação Infantil, Ensino Fundamental


Atividades Educativas Ensino Fundamental - Aprendendo sobre o Dinheiro

Progress 4GL - DDK-GUI - Datasul

Your Attidute Against SAP Business All-In-One Projects

Lima Barreto - Quase ela deu o sim, mas...

Esaú e Jacó - Machado de Assis

Diva - José de Alencar

Luís Soares - Contos Fluminenses e Histórias da Meia-Noite - 01 - Machado de Assis

Casa Velha - Machado de Assis

À Margem da História - Euclides da Cunha

Os Sertões - Euclides da Cunha

Pride and Prejudice - Jane Austen

TOP 50: BLOG by Sanderlei Silveira


Bad And Boujee - Migos Featuring Lil Uzi Vert - Tradução em Português

Poems by Julia C. R. Dorr - Complete Edition

Biomas brasileiros - Santa Catarina SC - Conheça seu Estado (História e Geografia)

As festas populares no estado de São Paulo - SP

Os imigrantes no século XIX e XX no estado do Paraná - PR

Pantanal – Patrimônio Natural da Humanidade - MS

Os símbolos do estado do Rio de Janeiro - RJ

Prédios mais altos do Mundo e do Brasil (Atualizado até 11/2016)

Idade das Religiões - História

Los Naranjos - Ignacio Manuel Altamirano

How Do I Love Thee? - Sonnet 43 - Elizabeth Barrett Browning

Tendências de mercado - Economia em 1 Minuto

Ismalia - Alphonsus de Guimaraens

POVO E RAÇA - Mein Kampf (Minha luta) - Adolf Hitler

Capítulo VI - A FRANCESA E O GIGANTE - Macunaíma - Mário de Andrade

Comentários da semana - Crônica - Machado de Assis

CAPÍTULO X / A ENFERMA - Helena - Machado de Assis

Tu, só tu, puro amor - Teatro - Machado de Assis

CAPÍTULO VI / O POST SCRIPTUM - A Mão e a Luva

AS BODAS DE LUÍS DUARTE

CAPÍTULO IV - Quincas Borba - Machado de Assis

Poesias dispersas - Machado de Assis

TIO COSME - Dom Casmurro

A CHINELA TURCA - Papéis Avulsos

RAZÃO CONTRA SANDICE - Memórias Póstumas de Brás Cubas - Machado de Assis

NEM CASAL, NEM GENERAL - Esaú e Jacó - Machado de Assis

Age of Religions - History

La Edad de las Religiones - Historia

Salmos 22 - Bíblia

Totvs - Datasul - Treinamento Online (Gratuito)

SAP Business All-In-One Rapid-Deployment Solution Overview

O HOMEM - Os Sertões - Euclides da Cunha - Áudio Livro

Crônica dos burros - Machado de Assis - Áudio Livro

Querida Kitty - O Diário de Anne Frank

Iaiá Garcia – Machado de Assis - Livros em PDF para Download (Domínio Público)

Curso de Inglês Online - Grátis e Completo

Curso de Espanhol Online - Grátis e Completo

Hamlet - William Shakespeare - AudioBook

Contos - Lima Barreto - Áudio Livro - Audiobook

A Conselho do Marido - Contos - Artur de Azevedo

Diva - José de Alencar - Audiobook

A mãe do cativo - Os Escravos - Castro Alves

Antífona - Broquéis - João da Cruz e Sousa

Civilização - Contos de Eça de Queirós

A Esperança - Augusto dos Anjos - Eu e Outras Poesias

Amor é fogo que arde sem se ver - Sonetos - Poemas de Amor - Luís Vaz de Camões

Material de apoio para Pais e Professores - Educação Infantil - Nível 1 (crianças entre 4 a 6 anos)

Festa de Aniversário - Educação Infantil - Nível 2 (crianças entre 5 a 7 anos)

Aluno - Educação Infantil - Nível 3 (crianças entre 6 a 8 anos)

Descobrimento do Brasil - Educação Infantil - Nível 4 (crianças entre 7 a 9 anos)

Água - Educação Infantil - Nível 5 (crianças entre 8 a 10 anos)

Alface - Educação Infantil - Nível 6 (crianças entre 9 a 11 anos)